Aerosmith no Rock in Rio (21/09) | A experiência de uma fã na Cidade do Rock

Quando ouvimos comentários sobre o Rock in Rio, imediatamente imaginamos um evento grandioso e fantástico, mas o que eu pude vivenciar lá foi algo três vezes maior do que eu poderia esperar. O Aerosmith fez uma apresentação memorável na Cidade do Rock, capaz de emocionar uma legião de fãs que curtiram e cantaram a plenos pulmões todas as 16 músicas do show.

(Créditos da foto: Pablo Jacob / Agência O Globo)

Aerosmith, Alice Cooper, The Kills e mais: uma noite de muito rock

O maior evento musical de todos os tempos está cada vez mais bonito e diversificado, aberto para todos os povos e reunindo tribos, estilos e culturas diferentes dentro de um único lugar. A “Cidade do Rock”, no Rio de Janeiro, recebeu nas duas últimas semanas cerca de 700 mil pessoas, vindas de todos os cantos do Brasil e até mesmo de outros países, que puderam desfrutar de atrações diversas para todos os gostos.

E, no dia 21 de setembro (quando foi a vez do Aerosmith ser o grande headline da noite), eu pude finalmente vivenciar essa grande festa!

Ao caminhar pelo evento, era possível ver muita alegria e sorrisos entre amigos e familiares que se divertiam nos brinquedos disponíveis – a famosa roda gigante, o bungee jump, a montanha russa e a asa-delta –, utilizavam as cabines fotográficas, lotavam os botecos temáticos e os incontáveis stands que disponibilizavam vendas de acessórios oficiais do Rock in Rio e maquiavam/criavam belos visuais aos cabelos de quem passasse por ali. Era possível, também, encontrar uma área separada especialmente para os amantes de vídeo games.

Aproveitei cada momento ao máximo, sem me esquecer do real motivo que me levou até ali: os shows que aguardei ansiosamente para ver. Então, por volta das 18h em frente ao Palco Sunset, assisti ao show do The Kills – e, para uma banda que disseram “não ter muitos fãs brasileiros”, a norte-americana Allison e o britânico Jamie agitaram um mar de gente que se encontrava cantando, dançando e curtindo muito com seu som de estilo indie rock.

A noite seguiu em grande estilo, com muita euforia e surpresas. O show do Alice Cooper, que aconteceu ali mesmo no Palco Sunset, levou fãs de todas as idades aos berros e aplausos ao vivenciarem aquele grande espetáculo. E que espetáculo! Vou dizer que fiquei boquiaberta com a presença de palco da banda!

A guitarrista Nita Strauss roubou a cena com seus solos e Alice, por sua vez, fez uma performance de tirar o fôlego com suas encenações perdendo a cabeça e sendo eletrocutado. O show seguiu com participações especiais de Arthur Brown e Joe Perry (guitarrista do Aerosmith), que encerraram com “House Of Fire”.

O show do Aerosmith, o mais esperado da noite, reuniu todos em frente ao Palco Mundo. Era incontável o tanto de pessoas que vi naquele momento; olhei para trás e fiquei encantada, nunca havia presenciado tantas pessoas juntas em um único local, se apertando cada vez mais para ficar o mais próximo possível de seus ídolos.

Então, às 00h30, aparece, nos telões do palco, imagens da banda em capas de revistas e jornais, contando um pouco da trajetória do Aerosmith desde os anos 70 até os dias de hoje e, logo em seguida, vemos os integrantes um por um subir ao palco: Joe Perry (guitarrista), Tom Hamilton (baixista), Joey Kramer (baterista), Brad Whitford (guitarrista base) e Steven Tyler (vocalista).

Nessa hora, só se ouvia berros, gritos, aplausos e muita euforia. O show continuou com muita alegria por parte dos fãs, sendo visível no rosto de cada um dos presentes. Steven Tyler e Joe Perry permaneceram quase que o tempo todo próximos aos fãs – interagindo, conversando, brincando e descendo até a galera.

Foram 2 horas e meia de apresentação. Eles realizaram um grande show para ninguém colocar defeito! Se ficassem tocando até o dia amanhecer, não tenho dúvidas de que o público ficaria lá até que a banda saísse do palco – pois foi exatamente assim que aconteceu. Infelizmente, o show se encerrou às 3 da manhã, mas com lindos fogos de artifício que fizeram a noite ainda mais mágica.

Com toda a certeza, foi uma experiência inesquecível!

Por Bruna Vidal, estudante de publicidade e fã do Aerosmith desde 2011.

Setlist: Aerosmith no Rock in Rio (21/09/2017)

  1. Let the Music Do the Talking
  2. Love in an Elevator
  3. Cryin’
  4. Livin’ on the Edge
  5. Rag Doll
  6. Falling in Love (Is Hard on the Knees)
  7. Stop Messin’ Around (Fleetwood Mac cover) (Joe Perry nos vocais)
  8. Oh Well (Fleetwood Mac cover)
  9. Crazy
  10. I Don’t Want to Miss a Thing
  11. Eat the Rich
  12. Come Together (The Beatles cover)
  13. Sweet Emotion
  14. Dude (Looks Like a Lady)
  15. Dream On
  16. Walk This Way (com “Mother Popcorn”, de James Brown, como intro)

Compartilhe nas suas redes sociais!

Comentar Via Facebook

Comentários

Related posts

Leave a Comment